domingo, 5 de dezembro de 2010

HISTÓRICO DA IGREJA PRESBITERIANA DE JUCURUTU


A Congregação Presbiteriana de Jucurutu está situada à rua Joaquim de Félix n° 81 no bairro Bela Vista.Esse trabalho teve inicio no ano de 1993 com trabalho evangelístico da JUVEP no período de 14 de julho à 1° de agosto de 1993 quando Pastor Marcos Jose da Igreja Presbiteriana de Caicó veio para esta cidade juntamente com a JUVEP e se instalaram nas dependências do pré-escolar Sonho da Criança onde hoje funciona a 1º Igreja Batista de Jucurutu, os mesmos passaram ali todo o recesso escolar pregando a mensagem do evangelho.Após esse período o Pastor Marcos José designou um presbítero para dar continuidade a obra do Senhor aqui nesta cidade.O primeiro culto aconteceu no dia 08 de agosto do mesmo ano numa terça feira já no prédio alugado para esse fim. O presbítero designado para atuar como missionário contou com o apoio da irmã Eliene Lopes que já era crente na época. A mesma deu hospedagem e alimentação para o presbítero Jose Roque que ficou responsável pelo trabalho no período de agosto de 1993 a fevereiro de1995. Com o seu precioso dom de louvar a Deus logo conquistou um bom numero de ouvintes que passaram a freqüentar os trabalhos para ouvi-lo cantar e o Todo Poderoso ia fazendo a obra, convencendo todos de que eram pecadores e necessitavam das misericórdias de Deus. Não demorou muito tempo e já nascia os primeiros membros desta congregação. O trabalho se intensificava ainda mais, com cultos nos lares e até mesmo em praça pública, e desta forma vidas iam se rendendo aos pés do Senhor.

Nosso Deus usou pessoas para falar do seu amor, e fez o que para os humanos era impossível. Nosso primeiro ponto de pregação foi no prédio onde antes funcionava a antiga “boate Santa Rosa”. As lutas eram grandes, pois a igreja não dispunha de renda suficiente para dar conta das despesas, mas, mesmo assim o evangelho se expandiu nesta cidade chegando até mesmo a algumas comunidades rurais como Retiro através da convenção da Irmã Fátima que foi usada como instrumento de Deus fazendo com que um grande numero de membros desta congregação conhecesse o evangelho da graça por seu intermédio. Como tudo tem o seu tempo debaixo da terra chegou o tempo do presbítero Jose Roque retornar a sua cidade para implantar um novo trabalho e o Missionário Adeílson Albino veio para dar continuidade ao trabalho ficando aqui de fevereiro de 1995 a fevereiro de 1998,também tivemos oportunidade de receber a visita do grupo JOCUM que realizava trabalhos de evangelização nas praças, escola, avenidas pregavam a palavra de Deus e nesse período muitas vidas foram salvas. Mas Deus tem seus planos e o Missionário também saiu para assumir um novo trabalho ficando a nossa congregação desta vez sobre a responsabilidade do Missionário José Francisco do Nascimento de de fevereiro de 1998 a fevereiro de 2001, este veio com sua família e se instalou por aqui. O mesmo deu uma grande contribuição para o crescimento da nossa congregação, fazendo visitas as famílias, indo às comunidades rurais como Retiro e Espinheiro.

Neste período a congregação passa cada vez mais por dificuldades financeiras e começou a sonhar com a sua sede própria foi quando decidiram entregar o prédio até então alugado com intuito de diminuir as despesas para comprar um terreno para construir a sede da igreja passou a fazer os seus trabalho nas dependências da Escola Estadual Newman Queiroz na rua Major Lula. Também com esse fim eram realizadas várias campanhas e eventos para arrecadar fundos para a compra do terreno. Porém nesse período a igreja de Caicó já estava sendo pastoreada pelo reverendo Daniel Martins que teve a idéia de procurar o prefeito da cidade de Jucurutu (Luciano Araujo Lopes) para pedir a doação de um terreno para a construção da igreja. Deus como sempre usou de misericórdia para conosco e nos concedeu a graça de sermos atendido. Caminhamos passo a passo, éramos igreja pobre financeiramente mas cheia de amor e perseverança .Tinha poucos homens, eram mais mulheres , isso se tornou um dos nossos maiores desafios e um motivo de oração para que Deus salvasse também pessoas do sexo masculino,mas isso não impedia de sairmos com a caixa de som e os bancos nas mãos, quando realizávamos cultos fora da congregação.

Aquele povo que parecia tão frágil, mas também tão abençoado e cheios de fé por que creram no Deus vivo, o que abriu as portas para que ninguém as fechasse, arregaçaram as mangas e obedeceram ao ide do Senhor. A igreja do Senhor crescia em amor e em dedicação a obra do Senhor realizando com ousadia o trabalho de evangelização e Deus nos honrava acrescentando os que iam sendo salvos. Ao mesmo tempo em que pregávamos o evangelho também fazíamos mobilização para arrecadar fundos para construirmos a sede da nossa congregação e sempre obtivemos êxito pois Deus usa quem ele quer, como ele quer, levanta vidas, restaura o humilhado, homens, mulheres, velhos e crianças. Opera na simplicidade com muito poder, foi nos agraciando com muitas doações chegando até mesmo usar o irmão Zezito para construir um prédio para a realização de cultos na comunidade Espinheiro. O mesmo morava em Natal e vinha realizar trabalho evangélico ali naquela comunidade até que nascia mais uma casa de oração onde Deus alcançou vidas e famílias inteiras, entre elas a família do irmão Luiz Carlos que permanecem firmes nos caminhos do Senhor.Deus usou até pessoas descrentes para fazer doações para a construção, doando coisas que aos olhos humanos pareciam impossíveis de acontecer .

Em tudo o senhor nos abençoou e fortaleceu a evangelização, simpósios com as missionárias Do Carmo e Gisonete cada irmão, pastores e missionários. Deus usou aquilo que muitas vezes era impossível aos nossos olhos Deus abençoou e honrou fez com que os nossos sonhos se tornassem realidades. Também estiveram conosco pastoreando a obra do Senhor o Missionário Auriton José da Cruz que ficou aqui juntamente com sua família de fevereiro de 2001 a fevereiro de 2002 e o missionário Marcos Alves da Silva também com sua família de fevereiro de 2002 a fevereiro de 2003, o pastor Daniel Rodrigues Martins de fevereiro de 2003 a janeiro de 2004 esse ultimo não veio morar aqui vinha apenas nos dias de culto mas mesmo assim contribuiu bastante com a obra do Senhor e com a construção do templo pois havia muitos mutirões para a obra fosse concluída. Mas a igreja sentia falta de pastor que residisse na cidade e começou a clamar a Deus por esse sonho. Deus nos agraciou com a chegada do pastor Niclecio em janeiro de 2004 até dezembro de 2009 que queremos destacar aqui a grande contribuição do mesmo e sua família que deu continuidade as obras de construção do templo como também na formação dos irmãos ensinando o evangelho, cuidando de cada vida que o Senhor colocou sob sua responsabilidade, ensinando a viver em unidade não apenas com os irmãos presbiterianos mas, também com os irmãos das demais denominações existentes em nossa cidade. Não podemos esquecer também do trabalho desenvolvido pela SAF (Sociedade Auxiliadora Feminina) que tanto se destacou tanto na evangelização como em campanhas para arrecadar fundos para a construção do Templo.


Jailma Gomes da Cruz – Secretária da Congregação


Ana Francisca Santana de Lima – Sebastiana Maria da Silva- Eliene Lopes - Integrantes da Comissão responsável pela elaboração do histórico da congregação
FONTE> BLOG JUCURUTU GOSPEL